Sebrae e instituições financeiras lançam campanha para renegociação dívidas

O Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal, o Serasa, o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) e o Banco de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) estão envolvidos na ação


A proposta, de acordo com os patrocinadores da iniciativa, é "oferecer condições aos micro e pequenos negócios para renegociar suas dívidas e voltar à normalidade dos fluxos de pagamento" - (crédito: Divulgação/eSocial)


Em parceria, o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e instituições financeiras lançarão, nesta sexta-feira (3/6), às 10h, a Campanha Nacional de Renegociação de Dívidas. A ação tem apoio da Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade (Sepec) e objetiva apoiar pequenos negócios que têm parcelas atrasadas de empréstimos. A expectativa é de que 12 mil empresários sejam beneficiados.


A alternativa será válida também para os empréstimos com garantia do Fundo de Aval do Sebrae (Fampe). A proposta, de acordo com os patrocinadores da iniciativa, é "oferecer condições aos micro e pequenos negócios para renegociar suas dívidas e voltar à normalidade dos fluxos de pagamento", e o Sebrae vai prover orientação financeira a quem quiser readequar seu fluxo de caixa às novas condições.


O Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal, o Serasa, o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) e o Banco de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) estão envolvidos na ação. Além desses, também participam as agências estaduais de desenvolvimento e fomento dos estados de São Paulo (Desenvolve-SP), Goiás (Goiás Fomento), e Rio de Janeiro (AgeRio); Sociedade de Crédito Direto — ACCrédito e Banco Original.

4 visualizações0 comentário