Prova de Vida do INSS é obrigatória para todos? Há controvérsias; entenda

Nascidos em julho e agosto devem realizar a prova de vida neste mês

Após os cancelamentos do calendários e fechamento de agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), beneficiários ficam em dúvida se deveriam, ou não, realizar a Prova de Vida. A atualização de documentos com a comprovação de vida do beneficiário é importante para a manutenção da aposentadoria.


A resposta para essa dúvida é simples: sim, todos os beneficiários do INSS devem prestar a Prova de Vida. O objetivo da medida é evitar fraudes no sistema de aposentadoria, como o recebimento dos valores por estelionatários após a morte de beneficiários.

Mas, para nascidos a partir de maio e que prestaram a prova de vida em 2020, mesmo sem ser obrigatório, deverá refazer a comprovação apenas em 2022. Isso porquê o INSS precisou refazer um calendário para atualização para a manutenção do benefício e quem realizou a comprovação em 2021 sem a obrigatoriedade, ganharão folga de um ano.


Entretanto, pensionistas que nasceram em julho e não realizaram a prova de vida em 2020, deverão ir à uma agência do INSS até agosto para não ter o benefício bloqueado. Caso isso aconteça, o beneficiário tem seis meses para solicitar o desbloqueio da aposentadoria. Veja como fazer a prova de vida pelo aplicativo Meu INSS.




Reprodução: iG Minas Gerais Nascidos em julho e agosto devem realizar a prova de vida neste mês Após os cancelamentos do calendários e fechamento de agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), beneficiários ficam em dúvida se deveriam, ou não, realizar a Prova de Vida. A atualização de documentos com a comprovação de vida do beneficiário é importante para a manutenção da aposentadoria. A resposta para essa dúvida é simples: sim, todos os beneficiários do INSS devem prestar a Prova de Vida. O objetivo da medida é evitar fraudes no sistema de aposentadoria, como o recebimento dos valores por estelionatários após a morte de beneficiários. Mas, para nascidos a partir de maio e que prestaram a prova de vida em 2020, mesmo sem ser obrigatório, deverá refazer a comprovação apenas em 2022. Isso porquê o INSS precisou refazer um calendário para atualização para a manutenção do benefício e quem realizou a comprovação em 2021 sem a obrigatoriedade, ganharão folga de um ano. Leia também

  • INSS mantém prova de vida pelo menos até agosto; entenda

  • Prova de vida do INSS: veja quem pode pedir a comprovação em casa, e como fazer

  • INSS: Câmara suspende prova de vida durante pandemia

Entretanto, pensionistas que nasceram em julho e não realizaram a prova de vida em 2020, deverão ir à uma agência do INSS até agosto para não ter o benefício bloqueado. Caso isso aconteça, o beneficiário tem seis meses para solicitar o desbloqueio da aposentadoria. Veja como fazer a prova de vida pelo aplicativo Meu INSS.

Confira o calendário

Vencimento da prova de vida: Retomada da rotina:

  • mai e jun/2020 julho/2021

  • jul e ago/2020 agosto/2021

  • set e out/2020 setembro/2021

  • nov e dez/2020 outubro/2021

  • jan e fev/2021 novembro/2021

  • mar e abr/2021 dezembro 2021

  • mai e jun/2021 janeiro 2022

  • jul e ago/2021 fevereiro 2022

  • set e out/2021 março 2022

  • nov e dez/2021 abril 2022

  • jan e fev/ 2022 maio 2022

  • mar e abr/2022 junho 2022

  • mai e jun/2022 julho 2022

  • julho/2022 agosto 2022.


 

Resumo:

Fonte: https://odocumento.com.br/prova-de-vida-do-inss-e-obrigatoria-para-todos-ha-controversias-entenda/

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo