Comércio em geral e serviços poderão funcionar duas horas a mais a partir desta sexta (9)

Governo estadual também aumentou a taxa de ocupação nos estabelecimentos comerciais dos atuais 40% para 60%


A partir desta sexta-feira (9), o comércio em geral e os serviços poderão funcionar, com atendimento presencial, entre 6h e 23h. Atualmente, é das 6h às 21h. E a taxa de ocupação também será ampliada dos atuais 40% para 60%, também na mesma data.


As medidas foram anunciadas pelo governador João Doria (PSDB), no início da tarde desta quarta-feira (7), durante entrevista coletiva à imprensa, sobre a atualização do Plano São Paulo. O anúncio foi feito na sede do Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista.


Com isso, o governo estadual prorrogou mais uma vez a atual fase de transição do Plano São Paulo até o próximo dia 31 de julho. Além disso, todas as atuais regras sanitárias e protocolos de prevenção ao coronavírus devem ser mantidos, como uso de máscara, álcool gel, distanciamento social, entre outros.


As normas valem para estabelecimentos comerciais em geral, incluindo galerias e shoppings. O mesmo expediente deve ser seguido por serviços como restaurantes e similares, salões de beleza, barbearias, academias, clubes e espaços culturais como cinemas, teatros e museus.


Todos devem obedecer aos protocolos setoriais de segurança sanitária, previstos no Plano São Paulo. E o toque de recolher continua mantido, mas das 23h às 5h, diariamente.

Também permanecem liberadas as celebrações individuais e coletivas em igrejas, templos e espaços religiosos, desde que seguidos rigorosamente todos os protocolos de higiene e distanciamento social.


Segundo o governo estadual, o aumento de funcionamento do comércio em geral e a ampliação da taxa de ocupação foram possíveis por conta do aumento de pessoas vacinadas contra a Covid-19 no Estado, bem como a desaceleração na quantidade de pacientes covid internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).


O Estado informou ainda que os municípios paulistas podem tomar medidas mais restritivas ou não acatar as medidas anunciadas nesta quarta, em função da análise da atual situação da Covid-19 em cada cidade.


Aulas presenciais

O governo estadual também anunciou o retorno das aulas presenciais, a partir do dia 2 de agosto, nas escolas técnicas e nas unidades de ensino superior, públicas e privadas, em todo o Estado de São Paulo.

O retorno deverá ser feito com taxa de ocupação de 60% e também mantendo todos os protocolos de segurança para a prevenção da Covid-19. (Da Redação, com informações do Governo de SP)



 

Resumo da noticia:

Fonte: https://www.jornalcruzeiro.com.br/geral/brasil/2021/07/675463-comercio-em-geral-e-servicos-poderao-funcionar-duas-horas-a-mais-a-partir-desta-sexta--9.html

7 visualizações0 comentário